Claro Internet Banda Larga: Veja os planos e Como contratar!

Atualmente, a necessidade de manter-se conectado o tempo todo, se faz presente na vida da maior parte das pessoas. Com isso, surge a necessidade de contratar um bom plano de Internet.

Uma das opções disponibilizadas pelas operadoras de telecomunicações é a Internet Banda Larga. A seguir, saiba mais informações sobre o serviço ofertado pela empresa Claro!

Como funciona?

A Internet Banda Larga pode ser contratada tanto para seu telefone (via WiFi), como através de um plano fixo (isto é, para ser utilizado em casa, inclusive com redes WiFi).

Saiba como funciona:

  • Você escolhe a velocidade: o pacote de dados pode ser escolhido pelo cliente, conforme o número de dispositivos que serão utilizados. Também, se deseja ver filmes, ouvir música e outros, é ideal que seja contratada uma maior velocidade.
  • O valor é variável: o preço a ser pago está relacionado com o item anterior – isto é, com a velocidade escolhida.
  • Possibilidade de combo: existem diversas opções de pacotes, que incluem a contratação de internet com outros serviços (como TV, telefonia fixa, móvel, etc).

Para que serve?

Existem diversas finalidades para a contratação de uma Internet Banda Larga:

  • Possibilidade de acesso de qualquer lugar: os pacotes costumam oferecer o acesso WiFi (para algumas regiões), e assim, você terá acesso à internet de onde estiver.
  • Alta performance: seus vídeos, músicas e filmes poderão ser vistos sem interrupções.
  • Economia: com relação ao custo benefício, pode-se dizer que é excelente!

Quais os planos disponíveis?

Falando da Claro, existem diversos planos e pacotes disponíveis de Banda Larga. Muitos deles, são combos – isto é, oferecem outros serviços juntamente com a Internet. Conheça os principais a seguir:

  1. Claro Internet 20 GB

O plano está disponível para algumas regiões do Brasil, e o valor gira em torno de R$ 150,00 (variando conforme o Estado).

É uma excelente opção para quem deseja navegar tanto no celular, como computador e tablet. Com esta Internet, você conseguirá ver filmes e ouvir músicas sem interrupções.

  1. Claro TV MIX HD + 1 Ponto Extra + 2 GB Internet

Este plano também conta com Internet Banda Larga, além do acesso a 170 canais e um bônus de R$ 25,00.

Apesar de haver uma cota de internet, o WhatsApp será ilimitado! Tudo isso, com o valor de R$ 111,98.

  1. Claro TOP HD + 1P + FIXO + 2GB de Internet

Este combo contempla diversos serviços:

  • HD TV: serão 194 canais disponíveis.
  • Fixo ilimitado: para ligações locais.
  • Internet 2GB: disponível para você acessar emails, redes sociais, e muito mais.
  • 150 minutos para celulares locais.

O valor total é de R$ 219,79 mensais, e está disponível em diversas regiões.

Como contratar?

Antes de contratar, é necessário conhecer quais planos estão disponíveis para a sua cidade, e também a cobertura do sinal.

Acesse o site para conhecer mais detalhes sobre os planos e serviços oferecidos pela empresa: www.claro.com.br/‎.

A contratação poderá ser feita pelo 3004-3304, ou ainda, através de uma ligação feita a você pela própria empresa.

Claro: Segunda Via de Conta na Internet

A Claro é uma marca presente na vida de muitos brasileiros, seja através dos serviços de Telefonia, Internet, ou mesmo TV.

O pagamento dos serviços costuma ser feito através de boletos bancários, que chegam à casa dos clientes. Quando ocorre perda, atraso de pagamento, ou qualquer outro imprevisto com estes, pode-se solicitar a segunda via de conta.

O processo é super simples, e pode ser feito tanto pelo site da Claro (http://www.claro.com.br/), como através do aplicativo Minha Claro. A seguir, saiba o passo a passo para conseguir a segunda via do documento.

1º) Acesse uma das ferramentas Claro

O espaço disponível para clientes pode ser encontrado no site e no aplicativo. O app está disponível para celulares e tablets, tanto Android quanto iOS.

Esta área destinada a você, cliente, permite diversos serviços e operações, que tem como objetivo facilitar as suas tarefas do dia a dia.

Vale lembrar que a segunda via de fatura só estará disponível àqueles que possuem serviços pós-pago, o que não ocorre com clientes pré: estes inserem créditos no celular para então fazer uso dos serviços. Mas, estes também podem ter acesso à área de clientes.

2º) Cadastre-se

O cadastro é super simples, e efetuado em basicamente, 3 etapas:

  • Seus dados: neste momento, nome, CPF e email deverão ser informados corretamente – sempre em nome do titular da conta.
  • Criação de senha: escolha uma senha que consiga lembrar-se posteriormente, para acessos futuros.
  • Seus números: complemente seus dados, e finalize o seu cadastro.

3º) Efetue o login

Agora que já é um cliente cadastrado, basta informar os seus dados para acessar a área exclusiva de clientes.

Em casos de esquecimento da senha ou de outra informação, poderá solicitar a mudança deste via email. Ainda, é possível acessar esta área com o número de seu celular.

4º) Encontre suas contas

Tanto no App quanto no Site, você encontrará todas as suas contas, tanto pagas, quanto as que ainda estão em aberto.

Selecione àquela que deseja emitir a segunda via, e salve-a.

Vale lembrar que no caso de o pagamento estar atrasado, você receberá os juros e demais encargos na fatura do mês posterior.

5º) Efetue o pagamento

Agora que tem a fatura em mãos, poderá tanto imprimi-la, como enviar por email, e assim, efetuar o pagamento.

Vale lembrar que a Claro disponibiliza a mudança para débito automático na Internet, e assim, você nunca mais terá problemas no recebimento e pagamento da sua fatura.

6º) Fatura digital

Depois de ter problemas com a fatura impressa, você provavelmente deve estar procurando alguma alternativa mais simples. E a resposta é: fatura digital!

Com esta opção, você terá acesso ao seu consumo e gastos assim que a fatura for gerada, podendo inclusive recebê-la por email. Com isso, seus gastos serão mais controlados, e atrasos de pagamento não mais ocorrerão!

Como reclamar na Anatel?

A agência nacional de telecomunicações é um órgão regulador e fiscalizador das empresas de telecomunicação, que age no sentido de melhorar o serviço e atender o consumidor.

Portanto, clientes de operadoras têm o direito de entrar em contato com a Anatel para reclamar e denunciar empresas que não estejam cumprindo suas obrigações com o consumidor. O órgão agirá nos seguintes sentidos:

  • Exigência de respostas aos clientes, quando há necessidade de mediação em negociações;
  • Identificação dos principais problemas de cada uma das operadoras, a partir das queixas;
  • Divulgação de um ranking de qualidade de serviço, que permite a análise do cliente antes da contratação de qualquer empresa.

Para isso, alguns passos deverão ser seguidos para formalizar a sua queixa! Confira a seguir.

1º) Contato com a operadora

Na presença de um problema de contrato e/ou serviço, você deverá entrar em contato com a empresa responsável – neste caso, pelos serviços de telecomunicação. A prestadora pode estar envolvida no fornecimento de telefonia fixa, móvel, Internet, TV, e outros.

O contato deverá ser feito através da central de atendimento ao cliente. Depois da finalização do atendimento, anote sempre o número do protocolo fornecido. Este será sua principal arma posteriormente, visto que é uma prova da sua reclamação e/ou solicitação.

Aguarde o prazo dado pela operadora, e caso não exista resposta ou mudança, parta para o segundo passo.

2º) Entre em contato com a Anatel

A Anatel poderá mediar apenas casos em que a operadora não conseguiu cumprir as suas obrigações. Existem duas formas de contato:

  • 1331: central de atendimento telefônico gratuito;
  • 1332: central de atendimento para deficientes auditivos.

Depois de repassar o caso, anote o número da solicitação que será fornecido pela Anatel.

Vale lembrar, que a agência não resolverá diretamente o seu problema, mas sim, entrará em contato com a empresa envolvida, exigindo uma resposta.

3º) Aguarde 5 dias úteis

A Anatel atua como mediadora dos casos. Após a queixa, esta entrará em contato com a operadora telefônica, que terá 5 dias para agir sobre a situação.

Portanto, espere a operadora entrar em contato com você neste prazo. Caso isso não ocorra, parta para o próximo passo.

4º) Reitere sua reclamação com a Anatel

Depois do prazo dado à empresa, retorne o contato com a Anatel, em até 15 dias, para reabrir a sua reclamação.

Se passado esse tempo, um novo protocolo deverá será aberto, e o processo recomeçará. Portanto, esteja sempre atento aos prazos.

Você será orientado para os próximos passos caso o seu problema não seja solucionado mesmo após de todas estas etapas.