Chikungunya

A Chikungunya é uma doença emergente causada por mosquitos cujo nome surge devido a um alfa vírus, o Chikungunya. A doença é transmitida pela mordida do mosquito Aedes aegypti ou Aedes albopictus.

Essa se espalha quando o mosquito Aedes fêmea morde uma pessoa infectada e, em seguida, morde outras pessoas. O Aedes aegypti é um mosquito que quase sempre será encontrado dentro e ao redor de casas, escolas, locais de trabalho e outros lugares onde pessoas se reúnam.

Ele se reproduz em qualquer tipo de recipiente onde a água pode sedimentar. Os locais de reprodução mais comuns são tambores, pneus e contêineres dentro e ao redor da casa, da escola, do local de trabalho e das comunidades. É importante evitar deixar água parada!

Sintomas

Os sintomas de Chikungunya refletem aqueles de outras doenças transmitidas por mosquitos: febre, dor nas articulações, dores de cabeça e dor muscular. Não existe nenhuma vacina ou medicamento para tratar especificamente o vírus.

Embora não resulte em morte, as dores nas articulações e a rigidez podem durar meses e até anos. Pode tornar-se uma fonte de dor e incapacidade crônica, resultando no abandono do emprego ou estudo do indivíduo.

Mesmo que a maioria dos pacientes possa se recuperar no prazo de uma semana, médicos e especialistas pedem que qualquer pessoa que perceba esses sintomas procure atendimento médico imediato para evitar complicações.

Os sintomas geralmente são percebidos de 3 a 7 dias após indivíduos serem mordidos pelo mosquito infectado. No entanto, eles também podem surgir no intervalo 1 dia após a mordida ou até 12 dias após ela.

Causas

A causa da Chikungunya é a mordida do mosquito que está infectado, mas isso acontece majoritariamente em função da água parada em que os ovos são depostos e que faz com que mais mosquitos surjam.

Quem corre o risco de sintomas mais graves são os bebês, os idosos, as mulheres em estágio avançado da gravidez e pessoas com condições médicas subjacentes, como diabetes e hipertensão

Tratamentos

Não há medicação específica para o tratamento do vírus Chikungunya. Os analgésicos podem ser tomados para reduzir a febre e a dor, no entanto, apenas os analgésicos com Paracetamol devem ser usados. NÃO TOMAR analgésicos como a aspirina, o ibuprofeno e outros medicamentos anti-inflamatórios.

As pessoas com suspeita de Chikungunya devem informar o médico ou o centro de saúde mais próximo, além de descansar, beber bastante líquido e evitar mordidas de outros mosquitos. Sabendo que não há vacina para evitar Chikungunya. A melhor prevenção é a:

  • Reduza ou elimine os locais de reprodução de mosquitos.
  • Verifique o quintal semanalmente para remover recipientes cheios de água.
  • Os grandes recipientes, como tambores ou aparelhos antigos, devem ser armazenados cobertos, fechados ou colocados sob um telhado que não lhes permita encher com água.
  • Limpe e esfregue vasos de flores e potes de comida e água de animais de estimação. Jogue fora a água que fica embaixo dos vasos de plantas.
  • Verifique se as calhas não estão retendo água.
  • Preencha os orifícios das árvores e outras cavidades em plantas com solo ou areia.
  • Verifique se existem corpos ocultos de água, como drenagens entupidas, poços, fossas sépticas, poços de entrada, etc.
  • Use repelentes de insetos pela casa, evitando que entrem e acabem por picar você e sua família.
  • Proteja-se contra picadas de mosquitos durante a noite usando um repelente de mosquito que contenha DEET, durma com a proteção de uma rede contra mosquitos, use roupas coloridas e cubra o corpo o máximo possível.

Agora que você sabe tudo sobre a Chikungunya, previna-se e evite passar por esse desconforto, inclusive consultando seu médico se presenciar qualquer um dos sintomas acima descritos.

Quantas Estrelas Vale Este Artigo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)

Loading...

Talvez você se interesse por:

Este artigo foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!